O que são DARFS?

Se você é empreendedor ou investidor, certamente em algum momento de sua
vida já ouviu falar em DARF. O DARF nada mais é que um documento utilizado
pela Receita Federal com o intuito de facilitar a vida do contribuinte na hora de
pagar os impostos.

DARF significa Documento de Arrecadação de Receitas Federais, ou seja, é
um formulário o qual deve ser preenchido por pessoas físicas e jurídicas, a fim
de comprovar e recolher os impostos dos contribuintes. O formulário reúne
vários impostos, tais como: IRPF (Imposto de renda de Pessoa Física), IRPJ
(Imposto de Renda de Pessoa Jurídica), PIS (Programa de Integração Social),
COFINS (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social), CSLL
(Contribuição Social sobre o Lucro Líquido), IOF (Imposto sobre a Operações
de Crédito, Câmbio e Seguros), além de muitos outros.

Como emitir o DARF?

Para emitir o DARF é muito fácil e simples. Para os contadores, existe o
sistema de gestão contábil da Sage, o qual possibilita a emissão do
documento. A Receita Federal também auxilia nesse processo,
disponibilizando algumas ferramentas para que o documento seja emitido,
como o Sicalc e Sicalcweb.

É importante ter bastante atenção no momento da emissão do DARF. Isso
porque se emitido de maneira incorreta, será necessário que você faça uma
retificação do formulário.

Como devo preencher o DARF?

Com o formulário em mãos e com os seus campos emitidos da forma correta, é
necessário que você preenche o DARF com muita atenção para não cometer
algum erro e ter problemas com a governo. Para preencher, você precisará:

Nome completo e telefone para contato do contribuinte;
Período de apuração do tributo;
Número do Cadastro de Pessoa Física (CPF) ou Cadastro Nacional de
Pessoa Jurídica (CNPJ);
Código de pagamento;
Número de referência;
Data de vencimento;
Valor principal que deverá ser pago;
Multa, quando houver;
Juros, quando houver;
O valor total a ser pago, o qual será gerado automaticamente pelo
sistema de emissão do DARF.

Caso o pagamento seja atrasado, o contribuinte terá que emitir uma nova guia
e regularizar a sua situação ou de sua empresa. Mas vale lembrar, que atrasos
serão cobrados sobre esse atraso.

Post Comment